Nem Te Conto

Ex funcionária pede R$ 80 mil em processo contra Kéfera

A influenciadora digital até solicitou que a ação tramitasse em segredo de Justiça, mas o pedido foi indeferido

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Kéfera Buchmann está sendo processada por uma ex-funcionária. Karoline Domingues, que cuidava das redes sociais da influencer, busca na justiça o reconhecimento do vínculo empregatício, além do pagamento das devidas verbas rescisória. De acordo com Fábia Oliveira, colunista de 'O Dia', a jovem teria sido dispensada em junho de 2019, após cerca de quatro anos trabalhando com a artista, e sem as devidas anotações da carteira de trabalho, que comprovassem a quantia mensal de R$ 1,5 mil.

Após a demissão, a profissional de redes sociais afirma que não teve direito ao FGTS, aviso prévio, saldo de salário, férias proporcionais, abono de 1/3 de férias, vale transporte, e cesta básica. Karoline também pediu a condenação da atriz ao pagamento de danos morais no valor de R$ 25 mil. O valor da causa totaliza de 80 mil. A youtuber até solicitou que a ação tramitasse em segredo de Justiça, mas o pedido foi indeferido.