Nem Te Conto

Família paralisa obras de mansão de Gabriel Diniz: 'não queria vender o sonho dele'

Cantor construía uma mansão em uma praia na Paraíba há um ano

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O pai de Gabriel Diniz, Cizinato Diniz, revelou que ele a família do cantor estão indecisos sobre o que fazer com a mansão que o artista construía há um ano. Em entrevista à revista Quem, o pai de GD ressaltou não ter vontade de dar continuidade à construção.

O sertanejo morreu no dia 27 de maio, aos 28 anos, após sofrer um acidente aéreo. Além dele o piloto e o co-piloto que estavam no avião monomotor também perderam a vida. 

Foto: Reprodução | Instagram

"Alguns sonhos eram dele, a gente não tem intenção de terminar a casa. A gente está conversando com o construtor, que é um amigo, pra parar. A gente pensa em talvez terminar pra vender, mas eu não queria fazer pra vender o sonho dele", explica ele. 

A mansão projetada para ser instalada na praia de Intermares, em Cabedelo, na Paraíba, possui 120 metros quadrados e possuiria três andares, estúdio, uma sala de cinema, hall, espaço gourmet e garagem para quatro veículos.

Ainda para a revista, Cizinato declarou que a ficha de que o artista morreu parece não cair nunca: "Acho que a ficha nunca cai. Como ele vivia um pouco fora, a gente tem aquele sentimento de que ele está fazendo show, está viajando. O que frusta um pouco é quando a gente vê as homenagens que estão sendo feitas para ele, que temos a certeza de que ele não voltará mais".