Nem Te Conto

Filho de Bonnner e Fátima não apresentava sinais de embriaguez após acidente

Segundo polícia, o próprio Vinícius quis fazer exame de sangue

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
Vinícius Bonemer, filho de William Bonner e Fátima Bernardes, não apresentava sinais de embriaguez após se envolver em um acidente na manhã da terça-feira (03), enquanto voltava do Réveillon em Búzios. De acordo com nota divulgada pela 126ª Delegacia de Polícia de Cabo Frio, o acidente envolveu três veículos: um carro Golf, que era conduzido por Vinícius, um caminhão e um outro carro modelo Evoque.

"Os ocupantes do veículo golf, dentre eles o motorista que seria filho de dois jornalistas, foram socorridos inicialmente para a UPA e, em seguida, encaminhados para um hospital particular", diz o comunicado, informando que os integrantes dos outros dois veículos não precisaram de atendimento médico.
Ainda de acordo com a polícia, o filho dos apresentadores quis provar que não estava alcoolizado: "o motorista do golf deu entrada no hospital lúcido. O próprio motorista forneceu amostra de sangue para realização de exame de alcoolemia, o qual a delegacia aguarda resultado". Confira nota na íntegra:
"O motorista do golf permaneceu por todo o dia no hospital recebendo cuidados médicos e foi ouvido em delegacia por volta das 22 horas, após receber alta médica. O referido motorista relatou à Polícia Civil que estava retornando de Búzios, seguindo para o Rio de Janeiro, sendo que, por volta das 7h30, quando foi atravessar o cruzamento no trevo de Búzios, avistou um caminhão que seguia aparentemente em baixa velocidade na rodovia e ele entendeu que este havia lhe dado passagem e, por isso, iniciou a manobra de travessia. Logo depois, o motorista relatou ter sentido o choque da colisão entre seu veículo e a caminhão. Devido à colisão, seu veículo Golf rodou na pista atingindo um terceiro veículo, o Evoque. Ele e os dois amigos que ocupavam o veículo foram socorridos, encaminhados para atendimento médico. Um dos ocupantes do veículo, segundo o referido motorista, foi encaminhado a hospital no Rio de Janeiro e seu estado de saúde seria estável. O referido motorista (Golf) estava com a permissão de dirigir vencida, contudo, dentro do prazo de 30 dias o qual a legislação de trânsito brasileira prevê a possibilidade de renovação sem incidência de multa. Os condutores dos demais veículos foram ouvidos e também narraram a dinâmica do acidente. Relataram ainda que o motorista do golf não apresentava sinais clássicos de embriaguez".