Nem Te Conto

Filho mais velho de Walkyria fala sobre morte do irmão: 'Perdi uma parte de mim'

Lucas foi encontrado morto dentro de casa na cidade de Natal (RN)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Bruno Santos, filho mais velho da cantora Walkyria Santos, usou as redes sociais nesta última quarta-feira (4) para desabafar sobre a morte do irmão, Lucas Santos. 

"Ainda sem acreditar em tudo isso. Perdi uma parte de mim, que nunca mais vai voltar. Por causa do ódio gratuito nas redes, meu irmão se foi, por causa de pessoas que se acham no direito de julgar e apontar, ele se foi", declarou Bruno, que é cantor e tem 20 anos.

Para ele, a causa da morte do irmão foi realmente o ódio na internet e a falta de amor. "A internet é um ambiente doentio e podre. Cheio de pessoas que se acham no direito de julgar o outro, apontar, decidir se isso é certo ou não, baseado apenas no que elas acreditam. E, caso vá contra o que acreditam, o próximo passo é 'cancelar', como se fossem um usuário e senha de um joguinho. Mas isso não é um jogo, gente. Isso é a porra da vida real. E eu, simplesmente, não consigo entender de onde vem tanto ódio. O meu irmão se foi. Mas ele não tirou a  própria vida, não. A internet matou ele. Comentários de ódio mataram ele. Os juízes da internet mataram ele", desabafou. 

"O que nos falta é mais amor. Meu coração está em pedaços e não sei como vou colar de novo. Eu te amo, meu irmãozinho. Que Deus te guarde no melhor lugar, ao lado dele. Estarei aqui te dando orgulho, porque sei que você está assistindo a tudo daí de cima. Prometo que sua morte não passará em branco. As pessoas ainda vão me ouvir. Prometo que vou dar minha vida pra salvar todos dessa crueldade, para que não passem pelo que você passou", completou o jovem.

Desabafo de Bruno Santos, irmãos de Lucas Santos que faleceu nesta semana (Fotos: Reprodução / Instagram)

Entenda o caso

Lucas foi encontrado morto dentro de casa na cidade de Natal (RN). Ele teria tirado a própria vida após receber comentários homofóbicos por um vídeo que publicou na rede social TikTok. No vídeo em questão, o adolescente aparecia ao lado de um amigo e ambos simulavam que iriam se beijar, o que nem chegava a acontecer de fato. Com a repercussão negativa, o jovem gravou um novo vídeo na rede social pedindo desculpas.

O caso ganhou grande repercussão depois que a cantora Walkyria, ex-banda Magníficos, gravou um vídeo explicando a situação. O jovem Lucas foi sepultado no dia 4 de agosto. De acordo com a família, a mãe não conseguiu ir ao enterro, apenas ao velório. Lucas tem outros 2 irmãos - Bruno, 20 anos e Maria Flor, 10 anos.