Nem Te Conto

Fora do 'BBB', Flay diz que vai dar um tempo na bebedeira

"Estou fazendo uma autoanálise nas coisas que eu errei", refletiu a sister

Agência O Globo
- Atualizada em

Flayslane estava com o seu emocional esgotado, quando deixou o "Big Brother Brasil." Mais do que isso, tinha a sensação de que era rejeitada pelos outros confinados da chamada "comunidade hippie". O tempo do lado de fora lhe fez bem: carinho da mãe e dos amigos e o colo dedicado ao filho foram um santos remédios para revigorar suas energias. Isso não quer dizer que, neste pequeno período, ela não tenha feito uma análise de sua participação. Diz que é muito impulsiva e que precisa dar uma diminuída "na bebedeira" - hábito que a fez, por exemplo, beber água da piscina durante esta edição.

"Estou fazendo uma autoanálise nas coisas que eu errei para que evolua como ser humano. Me acho impulsiva, sim. Defendo muito o que acredito. A autoanálise é na minha completa loucura quando eu bebo, que não tenho limites. Faço qualquer coisa e, no outro dia, lembro de algumas e outras, não. Fui viver intensamente o Big Brother. Na minha vida, não tenho festa toda quarta e sexta. Não tenho tempo para isso aqui fora. Trabalho muito aqui fora. Mas vamos dar uma 'maneirada' na bebida? Vamos", diz ela, aos risos.

A cantora, de 25 anos, quer trabalhar e mudar a realidade de sua família. Flay conta que é muito ligada ao Nordeste e, se pudesse escolher, não sairia de lá. Mas está disposta a se mudar para onde for para seguir com a sua carreira artística e dar uma vida confortável para seus parentes. Afinal, como a própria diz, "ninguém sai do 'BBB' rico". "Quero dar uma vida confortável para a minha mãe. Uma casa. Eu não vou falar que conseguirei isso agora, porque eu tenho prioridades e a gente não sai do 'BBB' rico. Mas eu quero me dedicar a dar suporte e conforto para a minha família. Tudo o que eu puder", afirma.