Nem Te Conto

Giovanna Lancelloti revela assédio aos 14 anos, em ônibus: 'Chorei horrores'

Atriz abriu o coração para falar sobre um drama delicado vivido no passado

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Giovanna Lancellotti abriu o coração para falar sobre um drama delicado vivido no passado. Para à 'Vogue Brasil', a atriz revelou ter sido vítima de assédio sexual durante uma viagem de ônibus, quando tinha apenas 14 anos. 

"Estava em um ônibus a caminho de Ribeirão Preto (SP), onde mora meu pai, quando um cara sentou ao meu lado e começou a se masturbar. Fiquei muito nervosa e liguei para minha mãe disfarçadamente. Ela me disse para olhar e ter certeza do que o homem estava fazendo. Eu confirmei. Aí, ela me mandou sentar no banco de trás", iniciou Gio.

Ela então seguiu a recomendação da mãe, mas o abuso não cessou:  "O outro passageiro que estava no banco de trás me viu chorando e perguntou o que aconteceu. Quando contei, ele respondeu: ‘Calma, é porque você é nova. Quando for mais velha vai gostar de ver essas coisas’". Giovanna foi socorrida por uma outra mulher: “Ela contou para o motorista e ele expulsou o homem do ônibus.

Desde então a atriz disse ter desenvolvido uma tolerância menor para homens que tentam alguma situação que a coloque em situações constrangedoras. "Aqui no interior, onde estou passando a quarentena, dei uma bronca em um homem. Eu estava caminhando na rua e fui assediada por um homem que estava no carro. Quando o semáforo parou, fui até o veículo e disse: ‘Você acha isso bonito? Gostaria que o mesmo acontecesse com você?’ Ele ficou tão sem graça", finalizou a atriz.