Nem Te Conto

Globo nega afastamento de Otaviano Costa do 'Vídeo Show': "Rodízio de apresentadores"

Apresentador foi criticado nas redes sociais após rir dos momentos de fúria de Marcos dentro do Big Brother Brasil

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Após se desculpar publicamente por ter dado risada das atitudes machistas protagonizadas por Marcos dentro do Big Brother Brasil na segunda-feira (3), Otaviano Costa e a Globo negaram o boato de que o apresentador teria sido afastado do 'Vídeo Show'.

Em nota publicada pelo site 'Purepeople' a Globo desmentiu a notícia divulgada pelo site 'Uol' na tarde da última quarta-feira (5), afirmando que a ausência de Otaviano nos dias que precederam o ocorrido se deu por conta de um rodízio feito pela produção do programa. "Não procede. Não houve afastamento. Ele não esteve na bancada hoje como parte do rodízio de apresentadores mesmo".

Críticas nas redes sociais e pedido de desculpa

O episódio envolvendo o marido de Flávia Alessandra resultou em diversas críticas ao ator e apresentador nas redes sociais. "Homens colocando as asinhas de fora, achando graça de homem babaca, machista e abusivo. Nada de novo sob o sol", escreveu uma internauta. "enquanto a mulherada da globo está dando um show, o elenco masculino só passa vergonha", apontou outra fazendo referência a campanha contra o assédio sofrido pela figurinista Susllem Tonani.

Após a repercussão negativa sobre o caso, Otaviano Costa se desculpou durante o programa. "Eu mesmo fiz uma brincadeira soando um machismo feio, grosso, desordeiro. Fiquei mal porque ao zelar pela brincadeira do 'BBB' vi o quanto machista eu estava sendo e aparentemente estimular um homem apontando o dedo no rosto de uma mulher, coisa que eu abomino. Todos nós aprendemos com essas mudanças na sociedade. Espero ter deixado claro meu posicionamento. Eu não sou esse ser que eu abomino, é óbvio que é nojento qualquer situação que coloque uma mulher em uma situação como aquela. A vocês o meu respeito e o singelo pedido de desculpas", disse.