Nem Te Conto

Grávida, Tatá Werneck fala sobre a escolha do nome da filha

A tarefa não é fácil: o gosto dela é bem particular e o pai, Rafael Vitti, tem de aprovar

Patrícia Kogut, de Agência O Globo

Grávida de dez semanas, Tatá Werneck soube que espera uma menina e agora está dedicada a escolher o nome. A tarefa não é fácil: o gosto dela é bem particular e o pai, Rafael Vitti, tem de aprovar.

Foto: Reprodução

- Não tenho nome ainda, mas uma lista de nomes esquisitos que ninguém quer. Os nomes de que gosto têm que ter uma mensagem, tipo: Clara do Amor e da Felicidade. Está difícil convencer alguém disso - diverte-se.

A surpresa do primeiro momento por estar esperando uma menina, e não um menino, como acreditava, já se dissipou e foi substituída por pura alegria:

- Estou radiante! Jamais imaginei que teria uma menina. Mas queria muito e tinha vergonha de dizer.

Em seu perfil no Instagram, Tatá escreveu no dia em que descobriu o sexo:

"Sempre ouvi a vida inteira que seria mãe de menino. Sempre tive certeza! As pessoas me diziam que pelo meu jeito 'moleque' eu teria mais 'facilidade'. Me apaixonei por esse menino desde a primeira vez que o imaginei. Sempre tive tanta certeza que já sabia o nome e meus amigos todos já imaginavam que eu teria um menino lindo com nariz do Rafa (por favor, senhor). Até porque 'eu não teria paciência pra cuidar de uma menina' (como se existisse essa regra rs). Só a minha psicóloga disse 'pela sua história acho que terá uma menina. Pra ela jamais passar pelo que passou por ser mulher'. Moral da história: Nem sempre a maioria está certa".

Por causa dos enjoos, ela vem trabalhando em casa com a equipe do "Lady night". O calendário do programa teve de ser alterado e foi adiado em duas semanas.