Nem Te Conto

Grazi Massafera faz balanço 'Bom Sucesso': 'Sensação de dever cumprido'

Atriz afirma que 'Bom Sucesso' foi um dos trabalhos mais difíceis

Naiara Andrade, da Agência O Globo

 A novela 'Bom sucesso' está na fase final e deixa saudades não só no público, mas também no elenco. Grazi Massafera, que interpreta a mocinha Paloma, é uma delas. A atriz disse que, apesar do cansaço, sai com a sensação de dever cumprido.

Foto: divulgação
"Acho engraçado porque estou me recusando a ler os últimos capítulos. Já estou com saudades deste trabalho. Estou bem cansada, mas é um cansaço bom e eu finalizo com a sensação de dever cumprido e feliz por todo mundo. O texto, conteúdo, são estimulantes. E é gostoso trabalhar assim na coletividade, no carinho e no amor" comentou a loira.

Ela, que fez "Verdades secretas", afirma que "Bom Sucesso" foi um dos trabalhos mais difíceis.

"Posso dizer que é uma das melhores coisas que eu já fiz. Me perguntam se ‘Verdades secretas’ foi mais difícil. E não foi. Interpretar a Paloma foi complicado, porque é uma mulher do cotidiano, simples. E é difícil de fazer o simples. Mas foi muito prazeroso. E os bastidores da novela são muito legais, o aprendizado e a troca também", contou Grazi, que pela primeira vez, interpretou uma mãe de adolescente, e revelou em que se inspirou para compor a personagem.

"Me inspirei muito na minha mãe, nas minhas amigas, e em outras mulheres que pude observar ao longo do tempo, porque a Paloma está em todo canto. Além disso, foi maravilhoso trabalhar com aquelas crianças, que querem estar ali e isso faz uma diferença enorme", continuou.



Mãe da pequena Sophia, de 7 anos de idade, Grazi contou que foi a primeira novela que sua filha a acompanhou, e isso estimulou mais a leitura e alfabetização da menina.

"Ela é apaixonada pela novela, e os amiguinhos dela também são. E me surpreendeu, porque ela teve muita maturidade para acompanhar, e se alfabetizou neste mesmo período, num momento em que estávamos falando sobre literatura. Então, todo esse processo foi emblemático", concluiu Grazi