Nem Te Conto

Influenciadora digital vai parar no hospital após tentativa de suicídio

A jovem usou as redes sociais para fazer um longo desabafo sobre o ocorrido

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)


A influenciadora Layla da Fonseca foi hospitalizada após tentativa de suicídio. Quem deu detalhes do ocorrido foi a própria jovem, que tranquilizou os fãs através de um longo relato nas redes sociais.

"Sabe quando você tem uma atitude e, simplesmente, no minuto seguinte se arrepende? Tenho ansiedade e nos últimos anos, estou aprendendo a olhar o copo meio cheio, largar os pesos imaginários e a entender que momentos difíceis vão existir. Na segunda-feira, o desespero bateu em cheio, e sem pensar, queria acabar com a dor, mas no momento seguinte lembrei que algo só acaba quando Deus quer!", começou dizendo.

E seguiu: "Me encaminharam pro hospital, e acreditem, não sentia nada, conversava com todos normalmente, fiz uma série de tratamentos e, mais tarde, subi para o CTI. Recebi diversos médicos, conversei e, de quebra, falei da vida, era a mesma Layla de sempre. Tive muito apoio de enfermeiros, técnicos, psicólogas, nutricionista, fisioterapeutas e de alguns médicos".



Apesar de todo amparo hospitalar, Layla destacou afirmou que não foi nada fácil enfrentar as questões psicológicas dentro do hospital. "Depois de 34h sem dormir pela ansiedade, e sem meu remédio para controlar, queria ouvir, ao menos, a voz dos meus pais e com a cabeça a mil, não descansava por nada. Infelizmente, um psiquiatra sem a menor paciência de me ouvir, me medicou e não me fez bem. Com a sala dos médicos perto do meu quarto, ouvia de tudo, até coisas ao meu respeito, que eram inapropriadas e até mesmo maldosas".

"A situação era delicada, sozinha e sem poder nem ao menos sair da cama pelos protocolos, me abalei completamente, fui me abatendo e o otimismo do início se foi e só conseguia chorar, com isso meus sinais vitais não se estabilizavam", contou.

Mas conseguiu reverter a situação: "Como Deus é perfeito, enviou um anjo, um médico de outra unidade surgiu do nada e veio conversar comigo, expliquei tudo e depois de muito chorar, imediatamente administrou uma medicação que já faço uso para a ansiedade e chamou meus pais".

Agora, ela já está em casa, ao lado da família, se recuperando do acontecido.

Veja: