Nem Te Conto

Inspirado pela internet, Lázaro Ramos estreia programa em dezembro na Globo

“A comunicação precisa entender que as pessoas têm muita vontade de serem escutadas", diz

Marília Moreira, do Correio 24 Horas

Desde quando passou a ter uma relação mais intensa com as redes sociais, há um ano e meio, Lázaro Ramos tem feito delas o principal meio de divulgação de trabalhos e de comunicação com os fãs. Mas a internet também o tem inspirado a pensar novos formatos e, em dezembro, ele estreia na Rede Globo um programa que visa dar conta de alguns dos seus anseios.

“A comunicação precisa entender que as pessoas têm muita vontade de serem escutadas. A TV, mais de cinquenta anos depois, ainda parece ser uma grande boca sem ouvido. A internet criou esse diálogo que não dá mais para ignorar”, diz.

Foto: Mônica Imbuzeiro/ Agência O Globo

Ele ainda não está autorizado a contar detalhes do projeto, mas de acordo com a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a atração será uma espécie de programa de entrevistas com anônimos. Lázaro vai viajar o Brasil em busca de personagens dispostos a contar sua história. Uma das principais novidades do programa será a criação de uma plataforma digital para que haja uma participação do público.

No ar em Mister Brau, Lázaro já tem tensionado formatos e conseguido pautar questões relacionadas ao racismo com muito humor e ótimas tiradas na TV aberta.  Devido ao sucesso de público e também de crítica, uma nova temporada já está garantida para 2018. 

Na TV fechada, Lázaro segue no ar no Canal Brasil, com a 12ª edição do Programa Espelho, onde discute assuntos polêmicos e revela personalidades brasileiras. O programa mudou muito desde o lançamento, há 12 anos, mas segundo Lázaro nada foi excluído, só agregado. “A proposta continua sendo dar visibilidade ao pensamento negro e falar na televisão de assuntos pouco falados. Mas a questão negra se movimenta e o Espelho se propõe a caminhar junto”, destaca.