Nem Te Conto

Israel defende comentário de Rodolffo: 'só uma brincadeira'

Sertanejo foi acusado de homofobia após falar sobre vestido de Fiuk na festa de sábado (20)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Israel saiu em defesa de Rodolffo após o cantor ser acusado de homofobia por comentar sobre vestido de Fiuk na festa de sábado (20). Por meio de stories publicados no Instagram, o sertanejo afirmou que o colega de trabalho estava apenas fazendo uma brincadeira, que acabou o colocando no paredão.

"O compadre está no paredão, infelizmente nem todas as pessoas são verdadeiras, são honestas com seus sentimentos, mas é isso. Vamos torcer muito para o compadre, vamos rezar muito para ele abrir os olhos e fazer o melhor jogo possível que ele está fazendo, está sendo honesto, está sendo verdadeiro. Ele fez uma brincadeira e quem se ofendeu devia ter dado a oportunidade dele se retratar, se redimir, se explicar, mudar se for preciso. Acho que não é bem por aí não", declarou.