Nem Te Conto

Ivete Sangalo começa a gravar 'The Voice' após turnê pela Europa

"Trocas são bem-vindas", afirmou cantora

Agência O Globo

A recente turnê europeia de Ivete Sangalo parece até viagem de mochileiro que quer conhecer o máximo de lugares em menos tempo possível: três shows em três dias seguidos em três países diferentes. Milão (Itália), na sexta; Lisboa (Portugal), no sábado; e Londres (Inglaterra), no domingo. Puxado?! Não para quem está sempre de um lado para o outro nos estados brasileiros.

— Sou habituada a viver num país de dimensão continental - disse ela, horas antes de se apresentar numa lotada Meo Arena, casa de shows em Lisboa, explicando o motivo da maratona: — Em função da agenda do Brasil, a programação daqui é montada dentro de uma logística que torne possível estar em três países em três dias.

O pouco tempo no Velho Continente, porém, não a impediu de aproveitar os momentos de folga. Ela chegou três dias antes e passeou com o marido, Daniel Cady, em Milão e Saint Tropez, na França, onde participou de uma festa beneficente organizada pelo ator Leonardo DiCaprio.


— Eu aprendi que quando se trabalha não se deve tirar o foco do trabalho. Embora o meu trabalho seja só diversão porque eu faço o que eu amo, tem toda uma responsabilidade em torno disso. Mas aproveito quando estou no lugar para comer a comida de lá, passar em determinados pontos de que gosto - disse Ivete, fã confessa dos pasteis de nata portugueses.

Na volta ao Brasil, ela começa a gravar o “The voice”, dessa vez como jurada do programa adulto. Ela e Claudia Leitte, trocam de lugar, já que a loura vai para o “The voice kids”. A mudança realiza um desejo antigo da direção do programa. Ivete foi convidada para a cadeira, que acabou sendo ocupada por Claudia nas primeiras cinco edições, antes da estreia da versão brasileira para o programa.

— Eu fui convidada na primeira edição, mas estava gravando “Gabriela” e era impossível assumir um projeto novo, além de uma novela, família, filho, minha agenda de shows. Mas pela própria movimentação do formato, essas trocas são muito bem-vindas, porque renovam. É uma perspectiva, um olhar diferente.

Fãs portugueses

Em cada país que passa, Ivete Sangalo agradece à comunidade brasileira por fazer propaganda do seu trabalho. Em Portugal, porém, ela tem fã-clube e os membros juram que não precisaram da ajuda dos expatriados do outro lado do Atlântico para conhecer e amar a musa.

— Conhecemos Ivete porque o trabalho dela é internacional - afirma Andrea Lopes, presidente do Fã-Clube Ivete Maníacos, que há dez ano segue a cantora nas temporadas em terras portuguesas.

Os fãs lusos e brasileiros que vivem em Portugal foram buscar Ivete no aeroporto e encheram o camarim de presentes. E esperam reencontrá-la no ano que vem. Ela participou de todas as setes edições do Rock in Rio Lisboa e está cotada para a de 2018.

— O grande problema de vir a Portugal é que a gente não quer ficar só dois ou três dias. A gente quer ficar meses. Aí complica - brincou: - É muito gostoso aqui. Eu adoro. No verão, então! É um calor... Parece até Juazeiro.