Nem Te Conto

Juliana Paes fala sobre personalidade, relação com os filhos e o que mais odeia na vida

Atriz comentou que não deixa os filhos assistirem 'A Força do Querer'

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Juliana Paes contou detalhes sobre sua vida pessoal em entrevista para Thais Fersoza. No bate-papo, que foi publicado na última quarta (10), a atriz falou sobre personalidade, reação dos filhos ao seu trabalho e até comentou sobre sua personagem em 'A Força do Querer'. 

Ao ser questionada sobre sempre passar alegria, Juliana confessou que nem sempre é tudo "mil maravilhas". "A máscara do sorriso é a que mais me deixa confortável, é como sei transitar, porque eu somo aos ambientes. Nunca foi forçado. Posso estar em um dia ruim, mas meu choro, meu mau humor, é no meu banheiro, choro no meu chuveiro sozinha. Não sei colocar isso pra fora", revelou a atriz, que contou que até já trabalhou isso em terapia. 

A atriz revelou o que mais tira ela do sério é perceber que uma pessoa se acha muito esperta.

"No trânsito, você está em uma fila e vem aquele 'malandrão' querendo cortar todo mundo [...] Isso me deixa maluca. Tenho que me controlar para não abrir o vidro e falar", exemplificou. 

Juliana e Thaís | Foto: reprodução
Na entrevista, Juliana comentou sobre como os seus filhos - Pedro, 10 anos, e Antônio, de 7 - lidam com a fama dela. "Esse lado da beleza, da sensualidade, nunca foi uma questão para eles, porque é o que eles entendem como normal, como status quo. Pequenininhos eles já viam a mamãe desfilando no Carnaval, veem a foto, com aquele biquíni míni. Então, desde que nasceram, é muito natural. Precisei ter jogo de cintura quando eles começaram a ter acesso às cenas de novela", analisou a atriz. 

Juliana Paes ainda comentou que não deixa os filhos assistirem 'A Força do Querer', novela em que sua personagem tem relação com o tráfico de drogas e o crime organizado.

"Nunca deixei eles assistirem, mas uma vez eles estavam na pracinha e alguém falou: 'tua mãe é a Bibi Perigosa. Ela estava dando tiro lá no morro'. Acho que era um adolescente e Antônio chegou em casa e perguntou. Até eu explicar para ele que na novela mamãe tem outro nome, não sou eu ali, que aquele filme que ele gosta também é outro personagem. Não é a mamãe, é a Bibi", pontuou a artista, que garantiu já ter precisado explicar que as coisas que acontecem na novela são de mentira.

Sobre ter mais filhos, Juliana não descarta a possibilidade. "Se eu pudesse, eu teria uma bonequinha, pra eu ficar penteando, maquiando, montando looks. O universo feminino é diferente, né? Ia virar uma mini drag queen [risos]".

Assista a entrevista completa: