Nem Te Conto

Juliano Laham fala sobre homofobia por conta de papel gay: 'vejo mensagens negativas'

Ator falou também sobre a reta final da novela 'Orgulho e Paixão'

Patrícia Kogut, da Agência O Globo
- Atualizada em

Juliano Laham, o Luccino de "Orgulho e paixão", notou uma queda de cerca de 100 mil seguidores no seu Instagram depois que seu personagem ganhou destaque na trama com um romance com Otávio (Pedro Henrique Müller). 


- As redes sociais, assim como o público na rua, funcionam como um termômetro para o nosso trabalho. Recebo muito carinho, então, não me importo se perdi seguidores. Esse papel tem feito bem para muita gente e trata de uma discussão atual, apesar de a trama se passar no início do século passado. Leio, por exemplo, muitas mensagens de pais que passaram a entender melhor a sexualidade dos filhos - afirma o ator.

Os comentários homofóbicos também aparecem nas redes sociais do ator, mas Laham procura não entrar em polêmicas: - Vejo mensagens negativas, mas não me incomoda e não entro em discussões. Busco respeitar o pensamento do outro. Mas essas reações mostram que o preconceito ainda existe, e, me sinto feliz de conseguir levantar esse tema com esse trabalho. A minha sensação é de dever cumprido.

Sobre o desfecho de Luccino, o ator ainda não tem informações: - Não sei se terá uma cena de beijo com o capitão Otávio ou se eles ficarão juntos. Tudo pode acontecer. Mas saio amadurecido desta novela e preparado para outros desafios.

O ator não acertou nenhum trabalho para depois de "Orgulho e paixão", mas deseja fazer cinema pela primeira vez e tem projetos para o teatro que ainda estão em negociações.