Nem Te Conto

Junior Lima relembra boatos: 'eu era tachado de viado e minha irmã era a virgem do Brasil'

Casado com Monica Benini, com quem tem Otto, cantor disse que pretende proteger o filho da exposição

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Junior Lima, que começou a cantar, aos seis anos, ao lado da sua irmã Sandy, falou sobre a superexposição nas mídias durante um bate-papo com PC Siqueira, Cauê Moura e Rafinha Bastos do canal Ilha de Barbados.

Foto: Reprodução/ Instagram

Casado com Monica Benini, com quem tem Otto, de seis meses, ele ainda comentou os boatos sobre sua vida sexual e da irmã e ressaltou que não pretende esconder o filho, mas que também não quer que ele tenha a mesma exposição que ele teve. "Eu tento preservá-lo porque ele não está escolhendo esta exposição, quando puder escolher um pouco mais eu vou poder dar o meu parecer, minha opinião, mas é opção dele”, disse.


Foto: Reprodução/ Instagram

"As coisas mudaram muito, antes você passava pela imprensa para poder chegar nas pessoas. Tudo tem seu lado bom e ruim, tinham aquelas manchetes sensacionalistas com um repórter mais malandrão, com uma maldade e malícia que nem eu e nem a minha irmã tinham. A gente pagou caro por isso muitas vezes. Eu era tachado como viado e a minha irmã era a virgem do Brasil, por causa de uma entrevista de vacilo, quando você não vê a maldade no que o cara está falando", conta.


Veja vídeo: