Nem Te Conto

Justiça manda cantora Perlla pagar quase R$ 1 milhão a ex-empresário, diz colunista

Confusão começou em 2009, quando a cantora decidiu que sua carreira seria administrada pelo, até então, noivo, o jogador Leo Moura

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
Parece que a carreira da cantora Perlla está passando por momentos delicados. De acordo com informações do colunista Léo Dias, do jornal 'O Dia', a artista vai ter que pagar quase R$ 1 milhão ao ex-empresário, após ter quebrado o contrato de três anos que tinha com a Alcla Produções Artísticas Ltda. Um processo, de número 0000866-46.2009.8.19.0209, corre na 4ª Vara Cível do Rio de Janeiro.
Foto: Divulgação
A confusão começou em 2009, quando a cantora decidiu que sua carreira seria administrada pelo, até então, noivo, Leo Moura. O jogador chegou a ser citado no processo, mas o rapaz saiu salvo. O contrato assinado por ela com a Alcla Produções dizia que eles teriam domínio dela entre 17 de setembro de 2008 e 17 de setembro de 2011, o que não foi cumprido.
Ainda segundo a publicação, a juíza que cuida do caso, Érica de Paula Rodrigues da Cunha, ordenou que, em 15 dias, Perlla pagasse R$ 836.582,38 ao ex-empresário, sob pena de multa de 10% e penhora das contas bancárias. Procurada pela coluna, a assessoria de imprensa da artista não quis se pronunciar sobre o assunto.