Nem Te Conto

Kaysar Dadour despista sobre romance com bailarina do Faustão: 'Pergunta a ela'

Professora se pronunciou sobre especulações

Regiane Jesus, da Agência O Globo
Sírio de nascimento e brasileiro de alma, coração e identidade civil, Kaysar Dadour, morador há cinco anos deste país tropical que é terra do samba e do pandeiro, terá que dizer no pé, se quiser chegar à final da “Dança dos famosos”. Amanhã, o ator enfrenta o desafio de se apresentar no palco do “Domingão do Faustão” na batida do gênero que dá o tom do carnaval carioca e, não por acaso, ocupa o posto de mais popular desse lugar que ele já pode chamar oficialmente de seu.
— Sou brasileiro mesmo, já tenho toda a documentação e até terei que votar nas próximas eleições. Este país é de ouro! Aqui tem tudo: calor, frio, mar, montanha e um povo maravilhoso. Dou graças a Deus por tudo. Me emociono com o carinho das pessoas, que, aliás, dizem que estou evoluindo na dança. Todo ritmo é difícil, meu negócio é rebolar, mas me esforço para aprender as coreografias — diz o artista, de 30 anos, que se prepara para dançar samba na semifinal do quadro.

Disciplinado, Kaysar segue à risca as orientações de sua professora, Mayara Araújo, que está há cinco anos no balé do “Domingão do Faustão”. — Temos uma parceira incrível. Mayara me dá broncas, mas é paciente comigo. Nunca discordo dela, não abro a boca. Ela é a professora, então é ela quem manda. No fundo, o homem sempre fica com a última palavra: “Sim, senhora” — diverte-se.
Segundo a coluna Retratos da Vida, Kaysar e Mayara vivem um romance. Questionado se a dupla virou casal, o ator despista: — Será? Não sei. Pergunta a ela (risos). Continuo solteiro, não estou namorando. Mas sozinho nunca! Um dia quero casar e ter seis filhos.
No futuro, Kaysar, que brilhou em “Órfãos da terra” e pode ser visto nos cinemas no filme “Carcereiros” como um dos protagonistas, tem outros sonhos a serem realizados: — Quero viajar pelo Brasil com uma peça de teatro. Tenho a maior vontade de fazer um personagem brasileiro, por isso tenho feito aulas de português e sessões de fonoaudiologia. Também não vejo a hora de voltar à Síria. Tenho saudade, mas quero ir até lá só para visitar. Infelizmente, a guerra continua. Sinto falta do sorriso dos amigos, embora muitos tenham morrido. Nem sei qual vai ser a minha reação quando me reencontrar com o país que nasci. Mas, morar, é aqui!
Em sintonia
Vice-campeã da “Dança dos famosos” em 2015 com Arthur Aguiar e terceira colocada dois anos depois com Nicolas Prattes, Mayara Araújo espera ocupar o alto do pódio na companhia de Kaysar Dadour. — Só falta o primeiro lugar. Coloquei essa responsabilidade em cima do Kaysar (risos). Ele é muito focado, não sossega enquanto não aprende a coreografia. A energia do Kaysar não acaba. Ele aproveita bem todas as nossas horas de ensaio — conta a bailarina, de 25 anos.
A sintonia da dupla é tanta que Mayara e Kaysar se tornaram, no mínimo, amigos: — Não é namoro (risos). É uma amizade bem gostosa. A gente se gosta bastante.