Nem Te Conto

Kleber Bambam conta que fica solteiro para não trair ninguém

Em entrevista, o vencedor do BBB1 ainda fez altas críticas sobre os recentes vencedores do reality

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Vencedor da primeira edição do Big Brother Brasil, Kleber Bambam, parece estar decidido a virar a página da sua vida. Com 41 anos, o agora fisiculturista vai se mudar para Las Vegas, nos Estados Unidos para alçar novos voos e emplacar uma carreira internacional. 

Foto: Reprodução | Instagram 

“Cheguei ao topo do mundo e queria virar a página da minha vida no Brasil, ganhar um horizonte diferente. Vou começar 2020 com um novo ciclo, quero fazer uma nova trajetória. Por isso, estou me mudando para Las Vegas. Faz dois anos que estou indo e voltando para lá. Em 2007, morei seis meses em Los Angeles e gostei muito. Os americanos são muito corretos e respeitosos. Me identifico com isso. Eu sempre acreditei que a gente planta o que colhe. Sempre plantei o bem”, contou ele à revista Quem.

O ex-BBB ainda revelou que quer: "comprar umas armas. Lá é legal, liberado. Tem campos para a gente atirar. Quero comprar para treinar. Desde criança sonho em ter armas". 

Embora acumulado o prêmio de R$ 500 mil, ele leva sua vida de forma satisfatória até hoje, e já adquiriu apartamentos, carros de luxo e investiu no setor imobiliário. “Nunca me deslumbrei ou tive um descontrole com o dinheiro. Depois que saí do BBB, fui trabalhar. Tudo que ganhei foi com muito suor e sempre dei valor a isso. Só extrapolei um pouco quando após a participação no BBB13 comprei um Porsche. Sempre tive o meu cunhado do meu lado, alinhando os meus ganhos e gastos”, diz.

“Muitos BBBs campeões dessa nova geração acham que são a última bolacha do pacote, não têm maturidade… Um milhão de reais não deixa ninguém rico! Dá para comprar um carro, uma casa e ajudar alguém. É isso. Só te permite começar a ter uma vida mais estável. Mas daí tem que manter tudo isso. Eu investi em imóveis, loteamentos, fazia e faço presenças vips, tenho contratos com marcas fitness. Hoje a minha renda vem dos imóveis e mercado fitness”, finalizou.