Nem Te Conto

Kyra Greyce abre o jogo e revela perrengues nos bastidores do casamento com Malvino

''Você fica pensando que tudo tem que dar certo, ao mesmo tempo sempre tem alguma coisa que dá errado", lembrou

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Engana-se quem pensa que vida de noiva é fácil. Em um vídeo publicado em seu canal no Youtube, além de mostrar algumas filmagens feitas na cerimônia, que aconteceu dia 12 de outubro, em Fernando de Noronha, Kyra Greyce contou sobre suas expectativas pré-casamento com Marvino Salvador: "Eu sempre quis casar, ter uma festa, só que o Malvino não estava muito afim não". 

Foto: Reprodução / Instagram

No vídeo, a lutadora também revelou os perrengues que passou na preparação do casamento, como excesso de convidados, problemas de logística e até precisar 'subornar' sua filha.

"Fui uma noiva bem tranquila. Experimentei o vestido só duas vezes, então me senti tranquila até dois dias antes do casamento. Parecia que ia lutar um campeonato, estava numa adrenalina. Você fica pensando que tudo tem que dar certo, ao mesmo tempo sempre tem alguma coisa que dá errado", lembrou.


"Eu tinha que organizar a logística de 200 pessoas em Noronha. Queria que elas ficassem super confortáveis e felizes", contou. Ela conta ainda que estava com as três filhas, Malvino, a babá, as malas e as caixas com tudo o que usaria no casamento e não sabia se conseguiria levar tudo. "A sorte era que vários convidados estavam no mesmo voo, então pedimos ajuda".


Mas, após superar tantos problemas, Kyra não imagina que, ''Na hora h'' do casamento, mais imprevistos estavam por vir. "Chega o dia do casamento. Fui me maquiar, mas só tinha uma maquiadora, fazendo minha irmã e minha mãe. Então, precisei passar na frente para ficar pronta na hora. E quando eu pego o buquê, era um que eu tinha odiado, então liguei para a cerimonialista e falei 'inventa um buquê aí, porque eu não entro com esse de jeito nenhum'", revelou.

"Minhas filhas não queriam colocar o arquinho na cabeça. Aí, a mais velha, ainda bem, colocou. Mas a mais nova, não queria, arrancava da cabeça, 'não quero, não quero'. E... eu nunca faço isso, mas eu fiz. Falei 'filha, se você colocar o arquinho, eu vou te dar um presente incrível'". Depois de tanto argumentar, a lutadora finalmente conseguiu convencer todas as crianças a entrar com o arquinho.

Depois de tantos altos e baixos, a atleta contou que não queria sair da pista de dança no fim da festa: "Entrei às 18h30 e só saí de lá às 3h30. Confesso que quando a DJ teve que parar, eu queria mais!". No Instagram, ela também compartilhou um vídeo, gravado oficialmente pela equipe contratada. Confira: