Nem Te Conto

Latino fala sobre vício em apostas com cavalos e depressão: ‘perdi mais de R$ 10 milhões’

Cantor perdeu tudo que ganhou nos primeiros 10 anos de carreira e teve que recomeçar

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Em entrevista para o portal UOL, o cantor Latino falou sobre os altos e baixos que viveu durante a carreira. O dono dos hits “Baby Me Leva” e “Festa no Apê”, que embalaram os anos 2000, teve depressão e perdeu mais de R$ 10 milhões por causa do vício em corridas de cavalo. 

Cantor Latino/ Foto: reprodução Instagram

Latino se apaixonou pelos palcos nos Estados Unidos, país onde viveu durante a adolescência. 

Mas o caminho para o sucesso não foi nada fácil: após cometer alguns delitos, ele foi deportado para o Brasil.

No Rio de Janeiro, Latino passou a viver em um viaduto após não se adaptar à convivência com o pai. "Fui morar em uma pracinha embaixo de um viaduto do Méier. Foi ali que conheci o Edir Macedo e o RR Soares. Comecei a lavar carro e engraxar o sapato deles”, contou ao UOL. 

Com o dinheiro dos serviços e o incentivo de uma tia, ele conseguiu inserir a canção “Baby Me Leva” no lado B de um EP do DJ Marlboro. Essa música deu o pontapé inicial na sua carreira.

No auge do sucesso, Latino entrou em depressão. Com a doença, veio também o vício em corrida de cavalos, que fez com que ele perdesse mais de R$ 10 milhões. “Tudo que ganhei nos primeiros 10 anos de carreira, perdi”, disse o cantor para o portal UOL.

Mas Latino não desistiu e deu a volta por cima. Após o rombo financeiro, ele conseguiu emplacar mais dois hits, “Festa no Apê” e “Renata”. Hoje, o cantor tem colaborações em andamento com Dennis DJ e pretende lançar uma série biográfica sobre sua vida. 

[[veja_mais]]