Nem Te Conto

Lembra dele? Buscapé, de 'O Cravo e a Rosa', fala da vontade de volta à TV

Luiz Antônio fundou uma escola de teatro com a esposa

Patrícia Kogut, da Agência O Globo
- Atualizada em

Ator desde os 6 anos, Luiz Antônio de Nascimento, o Buscapé, de "O cravo e a rosa" (2000), novela que será reprisada no ano que vem no Canal Viva, hoje se dedica à "L2 in cena", escola de teatro que abriu com a mulher, a cineasta Lívia Santhiago, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste da cidade.


- Temos a empresa há quatro anos e, por lá, já passaram pelo menos cerca de 300 alunos. Muitos, inclusive, estão no mercado de trabalho: na TV, no cinema ou no teatro. Uma delas é a Heslaine Vieira, que interpretou a Ellen em "Malhação: Viva a diferença", no ano passado, e é nossa aluna desde o começo - afirma ele, que hoje está com 31 anos. 

A parceria profissional com a mulher - com quem está junto há dez anos - vai além da escola. Os dois escrevem peças juntos, sendo que algumas foram até encenadas pelos alunos. - Nos conhecemos na época de "O cravo e a rosa"  e, um tempo depois, nos reencontramos e não nos largamos mais. A escola nos permite experimentar muito. No início, escrevemos esquetes e depois, espetáculos inteiros - diz Nascimento, ressaltando que o casal ainda não tem filhos, mas planeja para o futuro.

Sobre a trama de Walcyr Carrasco, exibida pela Globo em 2000, ele afirma que foi sua novela "mais marcante": - As pessoas me param na rua para falar do Buscapé até hoje. Todos têm muito carinho por esse trabalho - destaca o ator, cujo o último papel foi no filme "Fala sério, mãe!" (2017).

Ele acrescenta que sente vontade de voltar a fazer televisão, mas, por conta do trabalho na escola, precisa ser algo bem planejado e que valha a pena: - Fiz muitas novelas de época na carreira. Brinco até que tenho pós-graduação no assunto. Quero voltar para a TV sim, mas quero um papel desafiador. Estou correndo atrás disso e acho que em breve vai acontecer - conclui.