Nem Te Conto

Lembra dele? Primeiro vilão do 'BBB' hoje é artista plástico

Adriano foi o inventor do termo 'Paredão' no reality

Agência O Globo
- Atualizada em

Quando o "Big brother Brasil" entrou no ar, em janeiro de 2002, a expressão "paredão" ainda não fazia parte do programa. Hoje um respeitado artista plástico, foi o baiano Adriano Castro quem, informalmente, começou a usar o nome para definir a situação dos brothers que iam para a berlinda.


Sem meias palavras, Didi (como era chamado pelos confinados) acabou virando o primeiro vilão do "BBB", vencido por Kléber Bambam. A edição contou com outros nomes marcantes, como Leka e André Gabeh.


Mestre em Artes Plásticas, Adriano continua vivendo em Salvador. Aos 50 anos, ele já protagonizou exposições de sucesso e deu aulas na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia. Quando o assunto é "BBB", ele é taxativo: "Eu já disse tudo que tinha para dizer". Ele foi o sexto eliminado do programa.