Nem Te Conto

Ludmilla e esposa comprovam que 'seios' brilham no escuro; entenda

"É bem bizarro. Dá muito nervoso, mas não dói e nem faz nada", explicou Brunna

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Cada um aproveita a quarentena do seu jeito. Ludmilla e a esposa, Bruna Gonçalves, testaram uma curiosidade sobre silicone e mostraram que é possível fazer a prótese brilhar no escuro. Brunna publicou a constatação em seu perfil no Instagram, nesta quinta-feira (16). 

No experimento, a esposa de Ludmilla desligou as luzes do quarto, ligou a lanterna do celular e colocou o aparelho na lateral do peito, pressionando na região. A cantora ajudou a mostrar o resultado: a região ficou com uma cor avermelhada e brilhante. 

Tudo começou quando Brunna Gonçalves compartilhou uma montagem na rede social citando a curiosidade. "Fato inútil do dia: sabia que o silicone brilha se colocar a lanterna na teta?", dizia o registro. 

Bruna deixou claro que testou o experimento e deu certo.  "Gente, isso é real (risos)".

"Gente, eu postei aqui o negócio de colocar o flash do celular aqui no silicone. A Ludmilla perguntou: 'isso é verdade?'. Gente, é verdade! Eu apaguei a luz e fui mostrar pra ela. Ela ficou impressionada", explicou.

Além de comprovar a teoria, Ludmilla também fez a experiência nos próprios seios para saber se daria certo. "Ela ainda fez no meu também para ver", contou a cantora e, na sequência, Brunna Gonçalves ainda detalhou: "Isso mesmo, ainda fiz no dela. Dá pra ver as veias... Tudo real. É bem bizarro. Dá muito nervoso, mas não dói e nem faz nada. Quem tem silicone em casa, faz porque é muito lega".