Nem Te Conto

Luisa Mell é acusada de racismo e se revolta: 'eu luto pela vida'

Ativista publicou um slogan em protesto contra o racismo, mas o post não pegou nada bem nas redes sociais

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A web 'cancelou' Luisa Mell nesta quarta-feira (3). O motivo? A ativista publicou na sua loja do Instagram, um slogan em protesto contra o racismo, mas o post não pegou nada bem nas redes sociais.

"Se for pra se posicionar sendo desonesta e irresponsável desse jeito é melhor realmente ficar em silêncio", disse um internauta. 

Em entrevista ao 'UOL', Luisa se disse revoltada com as críticas e pontuou: "É só as pessoas olharem que eu estou fazendo essa campanha há um século. Que saco isso! Quem foi a primeira pessoa que escreveu para as pessoas não ficarem em cima do muro fui eu. Depois todo mundo copiou o meu post. Chega a ser vergonhoso. Eu sempre me posiciono. Só porque eu acho que a vida dos animais importa, a dos negros importa menos? Nada a ver. Muito pelo contrário. Eu respeito toda forma de vida".