Nem Te Conto

Luisa Mell se revolta com conversa sobre zoofilia no BBB20

Luisa declarou que o ato não deve ser normalizado como aconteceu na conversa entre os participantes do reality

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A conversa entre Mari Gonzalez e Felipe Prior sobre zoofilia continua dando o que falar na web. A apresentadora e ativista Luisa Mell se posicionou sobre a situação através de suas redes sociais. Luisa declarou que o ato não deve ser normalizado como aconteceu na conversa entre os participantes do reality, pois não tem como existir consentimento no ato.

Foto: reprodução / Instagram
"Tive que assistir para acreditar que a participante do BBB 20 Mari Gonzales foi capaz de dizer: 'Quer comer (no sentido de ter relações sexuais) um animal. Pra mim tudo bem. Tá mara'. É inacreditável e inaceitável que tratem zoofilia desta maneira em rede nacional", contou em seu perfil no Instagram.

"Vocês não tem ideia das feridas, dos machucados que já tive o desprazer de ver nas vaginas de cadelas vítimas de estupro. Não existe sexo com animais, assim como não existe sexo com crianças! É sempre abuso, violência, estupro? É vergonhoso, é criminoso. Infelizmente muitos animais chegam a óbito depois de ser vítima desta atrocidade. Mari Gonzalez, onde isto é mara?!?! Onde isto é aceitável? Vergonha!", finalizou o desabafo.

Segundo a Lei de Crimes Ambientais 9.605/98, indivíduos que abusarem, ferirem ou mutilarem animais silvestres, domésticos ou domesticados, podem ser detidos por até um ano, além da obrigação do pagamento de uma multa.

Ver essa foto no Instagram

@luisamell também se pronunciou sobre o assunto do vídeo anterior #bbb20

Uma publicação compartilhada por Boombasticando ???????? (@boombasticando) em



Relembre a situação

Mari Gonzalez estava na piscina do "BBB20" conversando com Felipe Prior e chegou a dizer que "está tudo bem se quiserem" ter relações sexuais com os bichos, para aqueles que consideram este ato como normal, embora ela condene esse tipo de atitude. O arquiteto completou o papo com casos de seus funcionários que já tiveram relações com cabras.