Nem Te Conto

Mãe de Paulo Gustavo, Déa Lúcia fala sobre saudade do filho: 'Cada dia pior'

Mãe do humorista ainda revelou que se mudou de Niterói para o Rio de Janeiro para ficar mais perto dos netos, Gael e Romeu, de 2 anos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Déa Lúcia, mãe de Paulo Gustavo, falou sobre a saudade que sente do filho, que morreu no início de maio vítima da Covid-19. Segundo ela, a dor aumenta a cada dia.

“Não acalma. É cada dia pior. Cada vez sinto mais falta dele. Paulo Gustavo era um homem com h maiúsculo. Aquele homem com quem você sabia que podia contar. Um cara bondoso. Tinha o gênio dele, como todo mundo. Porque ninguém é perfeito. Ele faz muita falta, era um amigão. Virou mais tarde meu protetor. No final, ele era meu pai. Fazia tudo por mim, pela família, pelos amigos, pelo Brasil. Ele fez tudo o que você possa imaginar para ajudar o próximo”, disse em entrevista à coluna de Patricia Kogut. 

A mãe do humorista ainda revelou que se mudou de Niterói para o Rio de Janeiro para ficar mais perto dos netos, Gael e Romeu, de 2 anos.

“Eles são maravilhosos, lindos, minha razão de viver. Eu não dirijo porque tenho labirintite. Então, ficava difícil. Agora, estou no Leblon. Eles moram na Lagoa [com Thales Bretas, viúvo de Paulo]. Eles vêm aqui toda terça e quinta para ficar comigo”, contou.