Nem Te Conto

Maraísa, da dupla com Maiara, tem cachê penhorado por dívida

Cantora se defendeu e disse que vivia relacionamento abusivo com irmão do dono da empresa do suposto empréstimo

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal determinou a penhora do cachê da dupla Maiara e Maraisa para o pagamento de uma dívida de mais de R$ 1,7 mi de Maraisa ao ex-cunhado, Elias Fernandes da Silva. As informações são do jornal EXTRA.

A defesa de Elias disse ao EXTRA que a dívida vem de um empréstimo da Gaia Agrobusiness, empresa dele e do irmão, ex de Maraisa, à cantora. A cantora teria usado o dinheiro, no valor de R$ 1 mi, para pagar uma dívida da compra de uma fazenda em Morrinhos (GO). Ela não teria quitado a dívida e devolveu o imóvel.

"Elias e Raimundo são irmãos e têm empresas no ramo do agronegócio. Eles até eram antigos empresários de Maiara e Maraisa quando as lançaram, mas isso era apenas hobbie. No momento em que Raimundo acompanhou a então companheira Maraisa para que ela efetuasse o pagamento da compra de um imóvel, que ela não conseguiria cumprir, ele fez pela empresa, Gaia Agrobusiness. Não foi por pessoa física. Com isso, a empresa requereu um comprovante para que a dívida de Maraisa fosse com a empresa. A devedora está aumentando as próprias condenações contra ela, ao fazer alegações infundadas de que notas foram fraudadas. Nós temos comprovantes de transferência. Temos até a escritura no nome dela por um tempo", explica o advogado de Elias.

A defesa da gêmea rebateu a declaração. "Maraisa não deve ao senhor Elias, nunca comprou nada, ou fez qualquer negócio ou fez empréstimo com o mesmo, nunca teve relação comercial com a pessoa que ajuizou a ação judicial em seu desfavor. O senhor Elias é irmão do ex namorado da Maraisa, o senhor Raimundo, o qual de maneira, ilícita repassou uma nota promissória para o seu irmão, com o claro intuito de tentar conseguir vantagem financeira em desfavor da mesma. O processo foi protocolado em 30/05/2019, ou seja, há mais de um ano, tendo Maraisa já apresentado defesa nos referidos autos. O senhor Elias, de maneira leviana e imoral, por meio de seus patronos, tem buscado jogar e divulgar o máximo possível de informações sobre o processo (que são públicas) com o único e exclusivo intuito de causar constrangimento à Maraisa, o que não ocorre e nem ocorrerá, posto que a mesma é vítima de todo um 'circo' criado para que a mesma seja prejudicada".

Maraisa também comentou sobre o caso. E disse que a relação que teve com o irmão de Elias se tratava de um relacionamento abusivo. "Parece moda falar em relacionamento abusivo, mas ele realmente existe. Senti isso na pele! Você se deixar manipular a ponto de assinar promissória em branco é muito mais que ingenuidade. A única coisa que desejo é a resolução disso o mais breve possível. Já me sinto muito forte por não ter cedido às ameaças de levar o assunto para imprensa, pronto está aí! Sobre este assunto é a primeira e única vez que vou me pronunciar, uma hora isso tem de deixar de fazer parte da minha vida".