Nem Te Conto

Maria Casadevall fala pela primeira vez sobre boatos de romance com Cauã Reymond

Atriz comentou também sobre as cenas quentes com o ator em 'Ilha de Ferro'

Patrícia Kogut, da Agência O Globo

A história de Júlia, personagem de Maria Casadevall em "Ilha de Ferro", série do Globoplay, terá novos conflitos na segunda temporada com a entrada de outros personagens. Chegarão à história seu irmão, vivido por Eriberto Leão, e um oficial da Marinha (Romulo Estrela), com quem ela terá um romance:

- A primeira temporada termina com Júlia partindo e deixando o trabalho (de gerente de uma plataforma de petróleo). Agora, a história terá uma passagem de tempo grande e mostrará o retorno da personagem ao Brasil. Ela acabará se envolvendo novamente com o antigo trabalho.

Foto: TV Globo

Um dos destaques da série é a relação de Júlia com Dante (Cauã Reymond). Apesar de, no final da primeira temporada, a personagem ter dito que "cada um seguirá o seu caminho", os dois se cruzarão novamente: - Agora, a Júlia e o Dante se encontrarão em outro momento de vida. Mas, quando eles se separaram, restou uma paixão. É meio óbvio que, quando se reencontrarem, algo irá acontecer.

As cenas quentes de Maria e Cauã, aliás, chamaram a atenção dos telespectadores e foram muito comentadas. Antes do início das gravações, os atores conversaram com o diretor, Afonso Poyart, e com a assistente de direção, Janaína Cabello, e discutiram como as sequências seriam feitas: - Quando nos reunimos, cada um propôs o que tinha em mente. Foi importante deixar bem claro que, se alguém ficasse desconfortável com a situação, todos estariam atentos para ouvir a queixa. Mas isso não aconteceu. Essas são cenas complexas como todas as outras. Claro que existe um cuidado. Hoje em dia, com os smartphones, qualquer pessoa no set pode fazer uma foto e vazar. A Janaína só permitiu no local as pessoas realmente necessárias para a gravação. 

Durante os trabalhos, no ano passado, surgiram boatos de que Cauã e Maria tiveram um romance nos bastidores. Discreta em relação à vida pessoal, a atriz afirma que não dá atenção para esse tipo de notícia. - Elas são descartáveis, e geralmente feitas para ganhar cliques de uma forma tão invasiva e violenta - diz ela, acrescentando que a fama não a incomoda. - Eu tenho uma maneira de me comportar. Nas redes sociais, só posto e falo sobre coisas com as quais me importo e nem sempre faço publicações mostrando o meu rosto. A minha profissão já exige muita exposição e eu sou uma pessoa introspectiva. Preciso desse lugar que é só meu, para me preservar. 

No hiato entre as duas temporadas de "Ilha de ferro", a atriz ainda se dedicou aos trabalhos de "Coisa mais linda", série da Netflix ambientada nos anos 1960. Ela interpreta a protagonista, Maria Luiza, uma mulher dependente do pai, Ademar, e do marido, Pedro. Quando esse último desaparece, ela resolve se mudar de São Paulo para o Rio de Janeiro e inaugura uma casa noturna dedicada à Bossa Nova:

- Foi um processo difícil deixar de lado a Júlia, uma mulher contemporânea, e passear pelo universo da Maria Luiza. Fiquei tentando encontrar alguma ligação entre elas. E cheguei à conclusão de que uma contribui para a existência da outra. As lutas que a Maria Luiza travou, por exemplo, permitiram que a Júlia crescesse num lugar com conquistas já feitas.