Nem Te Conto

Marina Ruy Barbosa apaga post de anúncio de papel higiênico preto após polêmica

A artista é a estrela da campanha do produto que está sendo acusada na web de apropriação cultural e racismo por usar um slogan do movimento negro

Agência O Globo

A atriz Marina Ruy Barbosa apagou a postagem em que anunciava a chegada ao mercado do Personal VIP Black, o papel higiênico preto, após a marca ser acusada na web de apropriação cultural e racismo por usar um slogan do movimento negro. A artista estrela a campanha do produto, cujo slogan — #Blackisbeautiful — levava o mesmo termo de mobilização dos anos 1960 contra a discriminação racial.

Foto: Divulgação

"Um lançamento que eu adorei fazer parte! O primeiro papel higiênico preto do país!", havia escrito a artista em sua conta pessoal do Instagram, sem mencionar o slogan. A imagem já não está disponível no perfil de Marina Ruy Barbosa.

O perfil da Personal na rede social compartilhou a postagem da atriz. "A gente também amou", respondeu a companhia em comentário ao lado da foto de campanha. Ao contrário do post, o registro de compartilhamento não foi apagado.

Com o anúncio e a identificação do slogan, internautas lotaram os comentários das postagens relativas ao produto com questionamentos e reflexões de todo o tipo.

A marca ainda não se pronunciou sobre a controvérsia, mas retirou a referência ao slogan nas peças publicitárias — com no vídeo do ensaio da estrela enrolada no papel higiênico preto, publicado no YouTube da marca, e no site do produto.

O 'Extra' tenta contato com Marina Ruy Barbosa.