Nem Te Conto

Mion fala sobre ansiedade pela estreia e critica Ministro da Educação: 'Irresponsável'

Apresentador relembrou a fala do Ministro da Educação, Milton Riberio, que disse que crianças com deficiência intelectual "atrapalham" o aprendizado das outras na sala de aula

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Daqui a dois dias, neste sábado (4), Marcos Mion estreia como apresentador da Globo, comandando o "Caldeirão". Em entrevista ao jornal Extra, o ex-Record contou que vem sonhando com o cenário do programa e se mostrou ansioso pela estreia.

"Estão sendo dias insanos. Sempre termino mentalmente exaurido. Sei que tem que falar 'Estúdios Globo', mas não na minha vez. Deixa eu falar 'Projac'", brincou o apresentador.

Mion chega à Globo para substituir Luciano Huck, que assumiu o 'Domingão' após a saída de Faustão. O apresentador promete colocar seu estilo próprio no programa.

"As pessoas podem esperar diversão, risada, alegria, alto-astral, o que gosto de fazer. Viemos de um período muito doído, de sofrimento. Um objetivo conceitual do programa é fazer parte desse momento de retomada do sorriso", relatou.

Durante a entrevista, Marcos Mion falou sobre a relação com a família, especialmente com o filho Romeo, de 16anos, que tem espectro autista. O apresentador, inclusive, é conhecido por sua militância em prol da educação inclusive.

Ele relembrou a fala do Ministro da Educação, Milton Riberio, que disse que crianças com deficiência intelectual "atrapalham" o aprendizado das outras na sala de aula. Mion criticou o ministro e disse que falta empatia a ele.

"Esse cara é um irresponsável. No momento em que você se torna uma pessoa que tem que representar os interesses públicos e não tem empatia, você está no lugar errado. Ele não tinha que estar lá", protestou.