Nem Te Conto

Mumuzinho revela que foi traído por afilhado musical; entenda

Pagodeiro levantou a carreira do jovem depois de ver um vídeo dele na internet cantando uma de suas músicas

Redação ibahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O cantor Mumuzinho revelou estar decepcionado com a conduta do apadrinhado dele, Davizinho, de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio, e confirmou o fim da parceria entre os dois pagodeiros nesta quarta-feira (17).

Com apenas 18 anos, o garoto é considerado uma das grandes apostas do pagode nacional e alcançou 10 milhões de visualizações logo em seu primeiro clipe. Mumuzinho descobriu Davizinho através do Twitter e começou a apostar no jovem. Como um padrinho, Mumu negociou apresentações do garoto em várias emissores de TV e bancou a gravação do seu primeiro single. No entanto, o menino não parece estar feliz com a parceria. A postura contraria começou justamente após o sucesso da sua música de estreia. 

Foto: Reprodução | Instagram 

De acordo com o colunista Leo Dias, do portal 'UOL', dias após o lançamento houve uma reunião e  uma advogada contratada por Davizinho informou que ele assinaria contrato com um conhecido vendedor de shows em São Paulo, até então amigo de Mumuzinho e pessoa escolhida pelo próprio, semanas antes, para fechar apresentações de Davi. Ou seja, uma dupla traição. A advogada ainda propôs que Mumuzinho seguisse no projeto apenas como produtor musical, mas ele ainda não tomou uma decisão. Magoado, deixou de seguir o até então afilhado nas redes sociais, apagando todos os vídeos em que apareciam juntos.

Em entrevista para o colunista, Mumuzinho destacou que sempre ajuda a carreira de jovens artistas sem qualquer interesse financeiro e o mesmo estava sendo feito com Davizinho: "Eu embarquei no projeto dele por encantamento e, quando estávamos profissionalizando a coisa, fomos surpreendidos negativamente com tudo isso".

"Fiquei extremamente decepcionado com a postura dele. Eu me dediquei tanto, sempre fui parceiro, e o cara nem para me ligar? Era só a gente sentar, conversar e chegar a um acordo, já que ele não me queria mais gerindo a carreira dele", desabafou o pagodeiro. 

Ainda segundoo o cantor, recentemente ele e seus advogados receberam uma notificação judicial, que o impede de realizar qualquer atitude na gestão da carreira de Davizinho, o que inclui negociação de contratos, administração de conteúdos nas mídias digitais e vendas de shows.

Veja Davizinho cantando ao lado do ex-padrinho: