Nem Te Conto

'Nada é por acaso', diz Giovanna Ewbank sobre amizade com Marina Ruy Barbosa

Em entrevista ao colunista Leo Dias, a atriz quebrou o silêncio e falou sobre a briga entre as duas

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Pela primeira vez, Giovanna Ewbank falou sobre a confusão com Marina Ruy Barbosa após a ruiva ser apontada como a pivô da separação de José Loreto e Débora Nascimento. Madrinha de casamento de Marina, a mulher de Bruno Gagliasso deixou de seguir Marina na web e foi muito criticada nas redes sociais.

Foto: Reprodução | Instagram

Em entrevista ao colunista Leo Dias, a atriz quebrou o silêncio e falou sobre o ocorrido. "Algumas pessoas que acompanham redes sociais acabam criando uma realidade paralela e a tomam como verdade. A partir disso criam julgamentos inimagináveis para histórias que, de fato, não conhecem. Isso é muito negativo para a vida online e para a real de todos os envolvidos. Eu aprendi muito com isso", disse.

Em outro momento, ela contou que a ruiva a procurou para esclarecer as coisas. "Marina me procurou um tempo depois de toda a confusão. Estávamos ambas fragilizadas com tantos ataques por conta de fakenews. Combinamos de nos encontrar para conversar quando estivéssemos mais calmas e, em dado momento, isso aconteceu e pudemos conversar", afirmou.

"O que eu mais queria é que todos ficassem bem e resolver nossas questões como mulheres maduras e dispostas a olhar uma para a outra. Esta é a primeira vez que falo sobre isso porque precisei de distância para compreender o que acontecia e porque todas as pessoas envolvidas ou que foram envolvidas são humanos, repito".


"Com ações e reações humanas, que só acontecem quando pessoas nutrem carinho entre si. Marina e eu nos resolvemos por esta razão e porque sabemos que há muitas verdades criadas e poucas verdades reais. Posso dizer a minha verdade: fui uma das últimas pessoas a saber da história e quando ela tomou uma proporção maior, com acusações falsas de que eu teria qualquer papel nisto fiquei muito mal. Era um momento difícil em casa, envolvia saúde, e eu tinha que dar atenção ao meu marido e a minha família", concluiu.