Nem Te Conto

'Não curto sexo virtual nem nudes', dispara Núbia Óliiver sobre paquera durante quarentena

Modelo revelou como consegue manter pretendentes empolgados mesmo sem contato físico

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O isolamento para se proteger do coronavírus não é motivo para Núbia Oliiver interromper as paqueras. Nesta quinta-feira (19), a modelo abriu o jogo sobre sua vida amorosa e revelou como consegue manter os pretendentes empolgados mesmo sem contato físico.

Foto: reprodução

"A paquera ficou mais intensa, virtualmente falando. A gente tem mais tempo para o WhatsApp, redes sociais e para os aplicativos de paquera. Estou em todos os aplicativos de paquera", conta para Quem. "Jamais deixaria de usá-los. Amo todos os aplicativos. Estou até no de swing, os para as lésbicas, os de sugar babies... Faço questão de estar sempre até para que não se crie perfil falso com o meu nome", contou em entrevista à QUEM.

Para manter os rapazes interessados, o truque de Núbia envolve abusar da criatividade. "Vale recadinhos picantes e Facetime. Se tiver mais intimidade, rola até um sexo virtual. Mas só se tiver mais intimidade mesmo. Não curto sext virtual e nem nudes, acho que isso tira o entusiasmo. Manter uma certa saudade é saudável", contou.

Durante o momento, a modelo ainda revelou que utiliza binquedos eróticos para alcançar o prazer sozinha. "Tenho vários lançamentos de brinquedos eróticos, cremes e outros produtos da linha fetiche. Vou subir pelas paredes, mas de uma forma deliciosa, vestida de mulher aranha (risos)", informou à QUEM.