Nem Te Conto

"Não há culpados", afirma empresário de Cristiano Araújo sobre acidente

Vitor Leonardo estava no banco do carona na hora do acidente e só teve alguns ferimentos

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Nesta sexta-feira (24), completa um mês da morte do cantor Cristiano Araújo e de sua namorada, Allana Moraes. Em entrevista ao 'Ego', o empresário do músico, Vitor Leonardo, que estava no banco do carona na hora do acidente, afirmou que, para ele, não há culpados.

"O acidente poderia ter sido evitado? Poderia. Mas já estava escrito, marcado. Infelizmente a hora dele chegou. Na minha opinião, não há culpados. Foi a feita a vontade de Deus... Resumindo, é isso. É muito triste ver as pessoas culpando alguém", disse ele, se referindo a Ronaldo Miranda, que dirigia o veículo.

Vitor ainda comentou sobre os boatos de que Ronaldo teria dormido no volante durante o acidente: "isso não aconteceu! Teve o estouro (do pneu), sim, e foi aí que ele perdeu o controle. Ele quase não sai de casa desde então. Converso sempre com ele, dou apoio. Mas é muito difícil, né?".

O empresário disse também que tem sido muito difícil para os filhos, João Gabriel e Bernardo, lidarem com a notícia, principalmente o caçula Bernardo, de quem Vitor é padrinho. "Esse, pra mim, foi um dos piores momentos desde que tudo aconteceu. Aquela cena... De vez em quando, o Bernardo me pergunta: 'cadê o papai?'. Isso dói, machuca", explicou ele à publicação.