Nem Te Conto

Neymar e amigos podem ser indiciados após áudio sobre Tiago Ramos

De acordo com Fábia Oliveira, colunista de O Dia, o Ministério Público de São Paulo recebeu uma denúncia contra o grupo

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)


A novela envolvendo Neymar x Tiago Ramos x Nadine pode acabar na justiça. De acordo com uma matéria exibida pelo Programa a 'Tarde é Sua', da RedeTV! nesta segunda-feira (8), um documento com denúncias envolvendo o áudio de Neymar e os amigos sobre o padrasto do atacante foi protocolado no Ministério Público de São Paulo e pede prisão preventiva deles.

A notícia foi movida por ativistas LGBTQ+, que acusam Neymar e os amigos de homofobia e formação de quadrilha. No material, há comentários envolvendo a morte de Tiago e até mesmo apologia à tortura. De acordo com a colunista Fábia Oliveira, de O Dia, o documento é de autoria do ativista Agripino Magalhães sob consultoria do advogado Angelo Carbone.



"Nós estamos pedindo uma pedida indenização de dois milhões de reais em benefício de uma ONG que trata e orienta pessoas ameaçadas, humilhadas e maltratadas por homofóbicos", contou à coluna Agripino Magalhães.