Nem Te Conto

Nova musa de Tiago Iorc fala de cenas quentes com cantor: 'Deu vergonha'

Michele Alves, de 21 anos, é a protagonista de todos os 13 clipes lançados pelo cantor

Agência, O Globo
- Atualizada em

Tiago Iorc voltou ao mundo virtual e isso pegou a todos de surpresa. Não só retornou, como apagou todos os registros de seu antigo perfil no Instagram, e parou de seguir geral. Além disso, usou a estratégia para lançar “Reconstrução”, um novo álbum com 13 músicas e que chegou com clipes dirigidos por ele para todas elas.

Mas o que chama atenção, além das reflexões sobre o ano sabático que tirou, é a protagonista de todos os vídeos lançados. Michele Alves, de 21 anos, ganhou fama e milhares de seguidores em menos de 24 horas.

Pele claríssima, cabelos castanhos estilo chanel, olhos tremendamente azuis e uma sensualidade que ultrapassa a tela dos computadores e celulares, a maranhense de Balsas teve muitas cenas quentes e ousadas com o cantor, e se transformou em sua nova musa. “Adorei ter sido chamada, me acrescentou muito profissionalmente e pessoalmente. Me deixou muito satisfeita e muito grata. No início, senti um pouco de vergonha, porque foi meu primeiro trabalho assim, mas depois foi tranquilo”, conta ela.

Foto: Reprodução

Obviamente, o surgimento da moça ao lado de Iorc teve muitas especulações de que ela seria a nova namorada do cantor. E esta foi justamente a única pergunta que a modelo não respondeu ao Extra.

Como você começou a carreira de modelo?

Tenho 21 anos, sou do interior do Maranhão, de Balsas, fica no sul. Tudo começou como brincadeira, um amigo começou a me fotografar como forma de chamar atenção para eu modelar. E eu fui posando e as lojas da minha cidade se interessaram.

Começou por conta do Instagram ou isso veio depois, já que hoje você é uma digital influencer?

Quando comecei a fazer fotos, o Instagram estava começando. Não era o que é hoje.

Foto: Reprodução

Você imaginava a repercussão após aparecer nos clipes?

Eu esperava, sim, que houvesse uma repercussão. Porque afinal o Tiago estava fora da mídia há bastante tempo e as pessoas iriam procurar meu nome quando vissem o trabalho.

Você protagoniza cenas quentes ao lado dele. Teve vergonha?

Foi meu primeiro trabalho assim e achei tranquilo de fazer. No início, deu certa vergonha, sim, mas logo depois já me senti mais à vontade.

Algumas músicas, como “Desconstrução”, fazem uma reflexão sobre a dependência virtual. Como é sua relação com as redes sociais?

A minha vida em torno das redes é muito controlada. tenho um controle muito grande sobre isso, não quero certo tipo de dependência virtual. O clipe de “Desconstrução”, inclusive, foi o que mais mexeu comigo. Porque eu me identifiquei muito, fases da minha vida em que eu me via. Foi algo muito sincero e com a qual tinha me deparado.

Visualizar esta foto no Instagram.

❤️ @marielenamoran

Uma publicação compartilhada por Michele Alves (@miaalvescz) em