Nem Te Conto

‘Nunca me droguei, eu nunca nem provei maconha’, diz Xuxa Meneghel

Em conversa com Luana Piovani, apresentadora contou que gostaria de ido à ‘rua do sexo’ em Amsterdam

Agência O Globo
- Atualizada em

Envelhecer na frente das câmeras pode ser a coisa mais simples do mundo para muitas celebridades. Para a apresentadora Xuxa Meneghel, de 56 anos, não é fácil — e ela não esconde. “Vejo que as pessoas que estão do outro lado se incomodam muito mais com as minhas rugas do que eu. Aí elas começam a falar: ‘Nossa, mas você está velha’. Queriam que eu tivesse um cabelo com chuquinha, com aquele corpo dos anos 1980, usando aquelas roupas, aquelas botas. Acho que dói menos se a gente encarar a coisa como algo natural”, disse a estrela, de 56 anos, à atriz e Luana Piovani, que piloto o programa “Luana é de lua”, no canal a cabo E!.

Foto: Divulgação

“Cobram muito de mim. Eu, por exemplo, sou bem ‘desencucada’ com isso. Assumo as minhas rugas. Claro, eu gosto de ir ao dermatologista fazer essas maquininhas que têm aí. Mas tenho medo de entrar no estica e puxa, sabe? Todas ficam com a mesma cara, você pode ver as mulheres aí... Elas têm a mesma boca, o mesmo olho, a mesma cara.” Luana também deu seu depoimento. “Confesso que tenho uma coisa meio nostálgica dentro de mim, mas acho bom, porque significa que eu tenho saudades de alguma coisa que vivi bem.”

'O Ju está jogando as caixinhas fora'

A conversa entre as duas não parou por aí. Xuxa também revelou que nunca usou drogas. “Não é uma questão assim. ‘Não bebo porque trabalho para criança; não fumo porque trabalho para criança. Não bebo porque não gosto de bebida; não fumo porque eu não gosto realmente de cigarro. Nunca me droguei, eu nunca nem provei maconha. Aí eu falei que queria ir para Amsterdam com o Ju (Junno Andrade, seu namorado) e todo mundo: Amsterdam? Mas vive não não cheira, não fuma, o que vai fazer em Amsterdam?”

Nesse momento do papo, Luana cita alguns pontos turísticos da cidade holandesa, como o Museu Van Gogh. A apresentadora rebateu imediatamente. “Eu estou falando de sexo, amor. Não tem aquela rua do sexo? Eu queria levar o Ju de mão dada.” Luana conheceu o espaço. “Mas não tive coragem de nada. A gente nasce com muita caixinha, né? É muita caixinha, caixinha, caixinha. Estou me desfazendo um pouco.” Xuxa conclui: “O Ju está jogando as caixinhas fora”.