Nem Te Conto

Pabllo Vittar é ameaçada de prisão por vereador do Paraná

Edil também é pastor e afirmou que poderá prender a cantora caso ela saia da festa na qual irá se apresentar

Agência O Globo

Pabllo Vittar está confirmada para se apresentar na München Fest, em Ponta Grossa, no Paraná, em dezembro. A dois meses da apresentação da drag queen, o vereador Ezequiel Bueno (PRB-PR), que também é pastor, fez um discurso enfatizando que poderá prender a cantora caso ela saia da festa:

Foto: Reprodução
“Eu queria lamentar trazer essa pessoa numa cidade família. A qual brigamos no plano municipal de Educação para tirara ideologia de gênero. Quem quiser assistir pode ir, mas só lá. Porque se inventar de ir para rua e para as escolas eu vou prender, mesmo que depois seja preso por abuso de autoridade”


Pabllo Vittar se apresentará na Munchen Fest, mas, um boato de que haveria uma parceria de Pabllo com o deputado Jean Wyllys para visitar escolas promovendo conversas sobre diversidade sexual, fez o político se manifestar.

“ Queria lamentar por trazerem essa pessoa em uma cidade família. Uma cidade em que brigamos aqui no plano de educação para tirar a ideologia de gênero das escolas. Numa cidade onde somos conservadores, somos pais, mães e trabalhadores. Quem quiser assistir, se não for com o meu dinheiro, tudo bem. Porque se inventarem de sair pra rua e ir nas escolas, eu vou prender. Vou prender, nem que depois eu seja preso por abuso de autoridade. (…) Não vamos deixar isso acontecer, de maneira nenhuma vamos deixar uma pessoa dessa ir à escola e ensinar sobre diversidade sexual para as crianças. ‘Mas pastor, é só um show’. Eu não sei. Abriu a porta, entrou? Aí é complicado. (…) Pelo amor de Deus, gente, o que é isso na nossa cidade?”