Nem Te Conto

Pabllo Vittar tem canal invadido por hackers, clipe deletado e foto modificada

Videoclipe contava com mais de 100 milhões de visualizações

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)

Você não está no lugar errado, a foto de Jair Bolsonaro sem camisa no canal de Pabllo Vittar foi apenas uma das ações de hackers que invadiram o perfil da cantora no Youtube. A semana começou com uma verdadeira dor de cabeça para a drag, que teve o videoclipe da canção K.O., sucesso em visualizações com cerca de 100 milhões, excluído da sua página.

(Reprodução: Divulgação)

Além do sumiço de K.O., os invasores adicionaram três novos vídeos ao canal de Pabllo, entre eles “Meu Caterpie” e “O Cancro (feat. Inês & Bolsonaro)”, que contavam com mais de 65 mil visualizações. Um dos vídeos do canal teve seu áudio modificado e a letra trocada por estrofes que faziam referência a pedofilia: "Pergunta pra ela que ela responde sem caô: / Prefere um de 12 aninhos / Ou um pedofag com ficha de abusador", dizia a canção.

A assessoria de Pabllo Vittar não falou sobre a invasão. Nas redes sociais, os fãs criaram uma hashtag para apoiar a cantora, #todoscomPablloVittar, que já ocupa o primeiro lugar entre os assuntos mais comentados mundialmente.

(Reprodução: Internet)