Nem Te Conto

Padre Reginaldo Manzotti fala pela primeira vez sobre boatos de engravidar jovem

"Tô com um filho para criar? Traz para que eu possa batizar", disse o padre

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Após ser acusado de engravidar uma jovem de 21 anos, o padre Reginaldo Manzotti, em entrevista ao jornalista Leo Dias, do programa Fofocalizando, afirma que as acusações são falsas. Ele ainda brinca com a situação: "Tô com um filho para criar? Traz para que eu possa batizar".

Foto: Divulgação

Sobre a possibilidade do sacerdócio ter relações estáveis, o padre comentou que "pode ser que no futuro padres possam se casar, já há conversas sobre o assunto". Leo Dias também perguntou sobre a questão da homossexualidade na igreja. "Ser padre é uma escolha e não uma fuga, seja para o heterossexual, seja para o homossexual", explica. Ele ainda confirmou que existem, sim, padres gays, mas que, devido ao voto de castidade, não há a consumação.

Quando perguntado sobre a diferença entre ele, o padre Fábio de Mello e o padre Marcelo Rossi, ele disse que diferem somente no sobrenome e no endereço, pois todos servem ao mesmo Deus.