Nem Te Conto

Pagodeiro é cobrado por pensão dos filhos durante live

Ex-mulher também afirmou que ele não fazia visitas há nove meses

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O pagodeiro Almirzinho, filho de Almir Guineto e ex-vocalista do grupo Revelação, realizou um show através de uma live no seu Instagram no último domingo (12) e foi surpreendido por comentários de sua ex-mulher, Mariela Magalhães, que afirmou que o cantor estava em atraso com a pensão dos filhos que têm juntos. Segundo o colunista Leo Dias, os dois se separaram há 11 anos e tem dois filhos, um de 13 e outro de 17 anos. 

Foto: Reprodução/Instagram

Mariela também comentou que Almirzinho não visitava os filhos há nove meses. "Paga a pensão dos seus filhos. Péssimo pai", disse, antes de ser banida da transmissão. Em depoimento dado à coluna de Leo Dias, Mariela afirmou que o cantor deveria arcar com a pensão de R$6.500 por mês referente aos dois filhos, sempre esteve em atraso com as pensões, possui multas a pagar, e que não está preocupado com os meninos.

Além disso, disse que os dois estão com um processo longo na Justiça e uma nova audiência de conciliação está marcada para às 13h do próximo dia 31 de agosto, em São Paulo (SP). Ainda durante a declaração dada à coluna, Mariela disse que Almirzinho também está em atraso com o valor da multa estipulada na Justiça por pensões anteriores em um acordo já oficializado.

"A juíza falou que se ele atrasasse o valor do acordo anterior em 1 mês ele iria preso. Ele já está entrando no segundo mês de atraso. É um valor mensal de R$2 mil de multa de pensões do passado. Desta vez eu não aliviarei, por isso resolvi colocar a minha boca para falar", explicou.

Também em entrevista à coluna, Almirzinho se mostrou surpreso pelas denúncias da ex-mulher, justificando que nesta quinta-feira (16) depositou o valor de R$ 1.000 para os filhos (valor inferior ao combinado, de acordo com Mariela).

"Antes da pandemia ela nunca me ligou. Sou um cara batalhador, vivo do que eu ganho. Não sou nenhum famoso que vive de cachê de R$ 100 mil. Pago R$6.500 de pensão. Ela é uma pessoa oportunista. Eu já tinha feito várias lives antes. Por que ela não foi lá falar? Eu estou neste momento sem trabalhar. Atrasei pensão. É normal, natural. Tenho dez amigos passando pela mesma coisa", disse o músico na entrevista.

Perguntado sobre pensões anteriores atrasadas e a audiência marcada, Almirzinho afirmou: "Todo ano ela inventa uma audiência. Todo ano tem uma coisa para falar. Já estou casado de novo e ela não me esquece. Sou um trabalhador da música, autônomo. O atraso existe, mas é por conta da pandemia. Ela não me deixa em paz. Até me perguntam: 'Ela gosta de você?'. É uma oportunista.".