Nem Te Conto

Pai de Fernanda Lima morre após quatro meses internado com coronavírus

Apresentadora usou as redes sociais para postar um texto emocionante sobre a perda

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)

O pai de Fernanda Lima, Cleomar Lima, de 84 anos, morreu neste sábado (18), por complicações causadas pelo coronavírus. Ele estava internado há quatro meses. Nas redes sociais, a apresentadora postou um texto de despedida.


"Nesses quase 120 dias internado, tu provou mesmo ter fôlego de atleta. Lutou bravamente contra a Covid e depois contra todas as consequências da doença. "Hoje será uma despedida íntima, mas prometo que assim que essa pandemia der uma trégua e as pessoas puderem voltar a se abraçar, eu farei um encontro muito lindo, com todos os teus amigos e familiares, pra gente rir bem alto de braços abertos, que nem tu", continuou Fernanda no texto emocionado", escreveu ela.

Rodrigo Hilbert, marido de Fernanda, também usou as redes sociais para se despedir do sogro: "o amor que eu tinha por esse cara transcendia a relação de genro e sogro. Quando o conheci, achei que ele não tinha gostado muito de mim, que nada, era puro cuidado com a filha. Tenho certeza que ele me tinha e me cuidava como um filho e eu a ele como um pai. Lembro do dia em que olhou para o meu pé e me apelidou de Pezão. E essa era a forma que nós nos chamávamos".

Rodrigo Hilbert ainda dedicou uma parte de sua homenagem à Fernanda. "Meu amor, eu sei que seu amor por ele é insubstituível, mas pretendo tentar todos os dias, junto com os nossos filhos, cuidar e quem sabe preencher um pouquinho desse vazio que ele deixou no seu coração. Te amo Magrela".