Nem Te Conto

Pedro Cardoso fala sobre política e censura em entrevista a Fábio Porchat

Gabriel O Pensador também conversa com o apresentador e humorista nesta segunda

Agência O Globo

Nas últimas semanas, tanto o músico Gabriel O Pensador quanto o ator Pedro Cardoso viraram assunto fora do circuito cultural onde estão acostumados a transitar. Enquanto o cantor quase viu sua música, “Tô feliz (Matei o presidente) 2”, ser retirada do YouTube - ele teria recebido a informação de que queriam censurá-la -, o artista, que interpretou o personagem Agostinho na série “A grande família”, condenou ataques racistas de um jornalista a uma colega de trabalho e deixou o palco do "Sem censura", na TV Brasil, ao vivo.

Foto: Divulgação/Record TV/Antonio Chahestian

Nesta segunda, dia 27, dos são serão os convidados do "Programa do Porchat", que vai ao ar na Record, à 0h. Na conversa, Gabriel O Pensador fala sobre censura e a responsabilidade do cidadão em decidir os rumos políticos do país:

“As palavras e os gestos têm poder. Nós temos que lembrar que os políticos não estão acima de nós”, diz ele, que ainda fala da tentativa que existe por parte de alguns grupos da sociedade em manipular a opinião pública por meio notícias falsas publicadas em redes sociais.

Já Pedro Cardoso, que lança a obra literária “O livro dos títulos”, ressalta a importância de se posicionar politicamente e de, entre tantos deputados, senadores e governadores corruptos, encontrar candidatos que têm um projeto sociopolítico para o Brasil:

“Eu, se fosse agora escolher um presidente do Brasil, escolheria um candidato cujo projeto político fosse ouvir e não falar, porque sabemos o que queremos, mas não temos quem nos ouça”, desabafa o ator.