Nem Te Conto

Pepê e Neném defendem Daniela Mercury das acusações de Agnaldo Timóteo

"Achamos totalmente desnecessário", disse as irmãs, que assumiram ser homossexuais

Da editoria Gente & Variedades

Ainda rende a polêmica envolvendo Agnaldo Timóteo e a cantora Daniela Mercury. Isso porque, após o cantor chamar a baiana de oportunista, vulgar e exibicionista por ter assumido sua opção sexual aos 47 anos, as irmãs Pepê e Neném, homossexuais assumidas, saíram em defesa da rainha do axé e soltaram o verbo.


Em entrevista à coluna Retratos da Vida, do jornal 'Extra', Pepê disse que achou desnecessário a atitude de Agnaldo. "Não deveria se meter na vida dos outros. Poderia ter ficado na dele. A gente gosta muito do Agnaldo, somos fã, mas achamos totalmente desnecessário o fato de ele ter criticado a Daniela. Foi um desrespeito. Ainda mais sendo com uma colega de palco. Uma cantora. No nosso meio da arte não cabe preconceito", ressaltou.

Neném, por sua vez, relembrou a época em que ela e a irmã decidiram assumir de vez a homossexualidade e apoiou a atitude de Daniela. "Tenho certeza de que ela será muito mais feliz agora. Podendo ser ela mesma. A gente se sentiu muito melhor quando nós nos assumimos. É muito ruim ter que viver uma vida de mentira. Ela já tem um carreira consagrada. Não fez isso para se promover", disse.