Nem Te Conto

Pepê e Neném são acusadas de dever R$ 250 a taxista "esquecemos"

"Levei na boa vontade e tomei o calote", disse Renato, que pegou as cantoras no terminal rodoviário do Tietê

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)

As irmãs Pepê e Neném foram acusadas de dever R$ 250 a um taxista de São Paulo. Renato contou ao 'Ego' que  as cantoras pediram ajuda no terminal rodoviário Tietê, alegando que estavam sem dinheiro no momento. Ainda de acordo com o motorista, elas prometeram pagar no dia seguinte, quando receberiam de alguns shows que estariam para fazer em Vitória, no Espírito Santo, o que não aconteceu.


"Levei na boa vontade e tomei o calote. Marcou R$ 256 no meu taxímetro, mas pedi para elas depositarem só R$ 250,00. Isso porque não cobrei a taxa de deslocamento de cidade, que era de R$ 50. Não quero prejudicar ninguém, só acho que o combinado não sai caro. Ninguém queria levá-las sem receber na hora, e eu, na boa vontade, confiei. Agora estou em busca do meu dinheiro", disse Renato.


Procuradas pela publicação, Neném se defendeu da confusão. "Vou pagar hoje, só esquecemos. A gente não teve tempo nem de parar para almoçar direito esses dias, mas já falamos com ele", contou .