Nem Te Conto

Pipo acusa empresário de dar calote em live do pai e desabafa: 'vaga garantida no inferno'

Músico desabafou nas redes sociais por não ter recebido doação que empresário prometeu

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O músico Pipo Marques, que faz dupla com o irmão Rafa Marques, desabafou nas redes sociais na noite desta segunda-feira (04). O baiano contou que um empresário conhecido da família deu 'calote' durante a live de seu pai, Bell Marques, que aconteceu no último dia 25. Segundo Pipo, o rapaz informou que faria a doação de uma tonelada de alimento, mas desapareceu quando foi procurado. Para o artista, tudo não passou de uma estratégia apenas para divulgar a marca. 


"Tem uma coisa que está me deixando pu**. Durante a live, recebemos muitas doações e muitos não conseguiram transferir naquele momento por conta do horário. 99,9% das pessoas que falaram isso, doaram. Me vem um conhecido e faz uma doação, em nome da empresa dele, uma tonelada de alimento. Meu pai foi lá e fez (divulgou o nome da empresa na live). Que absurdo, a gente fazendo um trabalho sério para arrecadar doações a quem precisa e esse rapaz pensando em mídia. Sabe porque eu sei que ele só queria mídia? Depois da live, fui falar com as pessoas e ele simplesmente me bloqueou no Whatsapp. Usei da minha boa intenção e achei que o Whatsapp dele podia ter dado problema e pedi pra uma pessoa da empresa ligar pra ele. Ele retornou depois e disse que estava em reunião, em plena quarentena, e desligou. Tentamos contato e ele sumiu. Que molecagem. Só por causa de mídia. Estou pensando em marcar a empresa dele. Vocês acham que devo marcar? Rapaz, aprenda uma coisa: dar calote em doação é vaga garantida no inferno", disparou.

Transmitida direto da fazenda Ana Bonita, em Cabaceiras do Paraguaçu, a 150km de Salvador, a live de Bell arrecadou R$ 740 mil para o Hospital Aristides Maltez, o qual o cantor é 'padrinho'. Além disso, a apresentação, que contou com mais de 5h, rendeu mais de 200 toneladas de alimentos, milhares de máscaras, litros de álcool em gel e de óleo diesel para hospitais, óculos de proteção facial, 1 tonelada de pães, entre outras doações.