Nem Te Conto

Policial, ex-loira do Tchan conta que passou em mais dois concursos: 'Queria estabilidade'

Ex-dançarina, de 39 anos entrou na PRF em novembro do ano passado, após dois anos de muito estudo

Agência O Globo

A ex-loira do Tchan Silmara Miranda, que dançou no grupo entre 2003 e 2007, substituindo Sheila Mello, abriu uma caixa de perguntas no Instagram para responder sobre sua nova profissão: policial rodoviária federal. Em papo com os seguidores, ela revelou que além da PRF também foi aprovada em outro dois concursos: de agente e escrivão da Polícia Civil.

Foto: Reprodução

A ex-dançarina, de 39 anos entrou na PRF em novembro do ano passado, após dois anos de muito estudo, e, desde então, vem compartilhando a rotina no novo ofício. Formada em Jornalismo, ela conta que decidiu prestar concurso em 2016, em busca de estabilidade financeira e que sempre sonhou em ser policial.

"Não estava muito contente com minha vida profissional e financeira. Mas desde a época da primeira faculdade, lá com os meus 22 anos, já queria estudar para concurso. Eu queria o que todo mundo quer: estabilidade".

"Se você está pensando em fazer o próximo concurso da PRF, pegue firme nos estudos. Disciplina e determinação são ingredientes mágicos para alcançar qualquer objetivo. Para quem perguntou, comecei a estudar em 2017, mas a prova foi só em 2019, então tive dois anos para me preparar. Comecei do zero, com 36 anos. O processo é mesmo muito longo e lento. Tem que ter paciência e fé de que tudo vai dar certo", disse ela, que recebe um salário bruto inicial de R$ 9, 8 mil.