Nem Te Conto

Preta Gil conta que se arrepende de ter feito 4 lipoaspirações: 'estava me mutilando'

Na conversa, a cantora relatou ainda que tudo mudou quando ela passou a aceitar o próprio corpo

Redação iBahia (redacao@portaliabahia.com.br)
- Atualizada em

Durante uma entrevista com Angélica no podcast 'Simples Assim', a cantora Preta Gil desabafou sobre a pressão sofrida sobre o seu corpo ao longo do tempo e diz ter se arrependido de ter realizados procedimentos estéticos.

“Eu me arrependo de ter feito quatro lipoaspirações, praticamente uma atrás da outra, porque eu estava fora dos padrões e sofri uma série de preconceitos. Para as pessoas pararem de falar de mim, decidi ficar magra. Remédios, cirurgias, médicos da moda... Uma hora me questionei. Estava me mutilando para agradar a quem? Não era eu, porque estava confusa, sem saber o que sentia. Reflete antes”, contou durante o bate-papo com Angélica.

Na conversa, Preta Gil relatou ainda que tudo mudou quando ela passou a aceitar o próprio corpo.

 “Quando você pega o fio da meada de se amar, o autoamor é um caminho sem volta. Entendi que aquela lipoaspiração foi uma mutilação com o meu corpo, não precisava ter feito aquilo para agradar. Hoje, com o que eu penso, tenho uma barriga que eu olho e não amo. Minha barriga gordinha seria o máximo. Agora, eu não me arrependo de ter colocado o meu silicone, por exemplo. Eu gostei”, explicou a canotra.


A artista também relatou à Angélica que, durante a pandemia, aprendeu também a lidar com os cabelos brancos.

“A velhice sempre foi o lugar do não bonito, do descarte. E não é mais assim. Tenho meus cabelos brancos, mas estou no auge da minha vitalidade, da minha energia”, disse Preta Gil.