Nem Te Conto

'Que sorte a minha viver um amor tão lindo', desabafou marido de Paulo Gustavo em missa

Médico agradeceu pelos anos que viveu junto com o marido

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Durante a missa de sétimo dia de Paulo Gustavo, seu marido, o médico Thales Bretas, pretou uma bela homenagem ao ator. Thales falou sobre como eram diferentes e sobre como a relação o mudou para sempre.

"Nestes últimos sete dias, revisitei inúmeras vezes os sete anos que vivemos juntos", iniciou o médico, que disse ter passado a última semana relembrando os melhores momentos que viveu com o amado - que não foram poucos. "Que sorte a minha viver um amor tão lindo, verdadeiro e correspondido", desabafou.

Thales ainda reforçou a importância do casamento dos dois, que serviu de exemplo de aceitação para muitas famílias brasileiras. 

"Tínhamos tantos planos para tantos anos, que acho que é para além dessa nossa encarnação", disse Thales, emocionado. 

O médico ainda prometeu que cuidará dos filhos, Gael e Romeu, de apenas um ano e nove meses. Ele disse que passará os valores e ensinamentos deixados pelo "papai Paulo" - como os meninos se referem ao artista.

Em entrevista ao Fantástico no último domingo, Thales contou que tem conversado com as crianças sobre a morte do pai de forma didática. "Digo que virou uma estrelinha", explicou.

  • Homenagens

A missa de sétimo dia do humorista foi marcada por diversas homenagens e até o Cristo Redentor foi apagado em memória do ator e das mais de 420 mil vítimas da coovid-19 no Brasil.

A diretora e médica Susana Garcia iniciou as homenagens lendo um texto que representava os amigos e familiares do humorista. Logo depois, a irmã de Paulo, Juliana Amaral, leu uma oração de Santo Agostinho e emocionou todos os presentes na missa.

Por último, foi a vez da mãe do humorista, Dona Déa Lúcia, homenagear o filho. Ela cantou a música fascinação, de Elis Regina e impressionou os internautas com as semelhanças com a personagem Dona Hermínia, criada por Paulo Gustavo.

A mãe do humorista conseguiu fazer graça e tirar sorrisos dos familiares presentes mesmo em um momento tão triste, exatamente como o filho faria.